Estudos Agrícolas

Controlar a irrigação e melhorar a qualidade do tomate para indústria.

As estratégias de rega deficitária têm vindo a ser estudadas cada vez mais como forma de racionalizar o uso de água na agricultura, sendo até possível reduzir a rega até níveis abaixo da evapotranspiração durante partes do ciclo. De facto,…

Pastorícia, demografia e fogo.

A meio deste verão de grandes incêndios, esta semana divulgamos um estudo sobre o papel do pastoreio e da demografia na incidência dos fogos florestais em Portugal. O estudo realizado por investigadores de centros da UTAD junta dados de censos…

Manjericão, pimento e uma melhor polinização.

Os polinizadores são essenciais para muitas culturas e o decréscimo nas suas populações, que se tem vindo a verificar em todo o mundo, tem particular impacto na produtividade de culturas de fruto, tanto árvores fruteiras, como hortícolas e industriais, como…

Feijão-frade: uma cultura com futuro

O feijão-frade é uma das leguminosas mais cultivadas no mundo, com especial importância na dieta de populações dos trópicos. De facto, pensa-se que esta espécie seja originária de África de onde se expandiu para outros continentes. Na Europa é cultivado…

Arroz aeróbio: benefícios de uma mudança de paradigma.

A cultura do arroz serve de base à alimentação de mais de metade da população mundial, no entanto, a necessária intensificação tem vindo a criar problemas ambientais, que a tornam insustentável. Com vista a superar estes problemas, têm sido propostas…

Aquacultura multitrófica integrada: alta produtividade sustentável.

A aquacultura é a área de produção animal para alimentação com maior crescimento actualmente. Em todo o mundo, os países asiáticos lideram em quantidade e valor, sendo a China responsável por 60% da produção mundial. Na Europa, o líder é…
Pág. 1 de 14

 

O NUCLEO AGRI surge integrado na estratégia de comunicação Affluenza Agri, tendo em vista a divulgação de conteúdos a nível nacional e restantes países CPLP. Apresenta-se com uma linha editorial própria e independente e funcionará segundo uma lógica colaborativa.

Integrado na operativa de divulgação por meios digitais o NUCLEO AGRI pretende constituir-se como um polo de atração de interessados na divulgação e no acesso a conteúdos diferenciados relativos às ciências agrárias.

Diferenciação deverá ser a pedra de toque, através da busca de conteúdos diferentes que acrescentam valor.