Estudos Agrícolas

Como identificar a origem do leite em produtos transformados – o exemplo do Queijo da Serra.

A possibilidade de falsificação ou adulteração de produtos alimentares é uma preocupação dos consumidores e dos produtores. Os preços elevados associados aos custos de produção dos produtos artesanais, levam a que surjam imitações oportunistas no mercado. Um dos produtos alimentares…

Viticultura biodinâmica e biológica: influência nos vinhos.

Em todo o mundo da viticultura parece haver um movimento em direcção a práticas mais amigas do ambiente, incluindo menor consumo de agroquímicos e de água e menor desestabilização do solo e meio circundante. Para além da preocupação com o…

A UE e os efeitos Brexit e Trump no dia da Europa

Hoje dia 9 de Maio celebra-se o dia da Europa. Relembremos um pouco da nossa história: A CEE nasceu em 1957 com o Tratado de Roma, depois de em 1951 se ter transferido o carvão e o aço para uma…

Melhorar a qualidade e o sabor, combinando os recursos naturais e a biotecnologia: uma revisão de métodos em tomate e uvas.

O tomateiro e a videira são das culturas mais melhoradas. Séculos de selecção levaram a um afunilamento no número de variedades cultivadas e da diversidade genética de características específicas. Estas espécies tão diferentes têm em comum a produção de frutos…

O uso de sensores para monitorização de doenças

A agricultura de precisão, com todas as ferramentas que estão continuamente a ser desenvolvidas, tem cada vez maior campo de actuação. A protecção integrada é uma área onde a sua aplicação tem natural interesse, permitindo avançar de modelos gerais, definidos…

As raças bovinas no Verão mediterrânico

O Sul da Europa, com o seu particular clima mediterrâneo, apresenta desafios aos produtores agrícolas e aos melhoradores. Um interessante desafio, que muitas vezes é subestimado, é o de produzir bovinos, dadas as características fisiológicas destes animais. Os bovinos europeus,…
Pág. 1 de 12

 

O NUCLEO AGRI surge integrado na estratégia de comunicação Affluenza Agri, tendo em vista a divulgação de conteúdos a nível nacional e restantes países CPLP. Apresenta-se com uma linha editorial própria e independente e funcionará segundo uma lógica colaborativa.

Integrado na operativa de divulgação por meios digitais o NUCLEO AGRI pretende constituir-se como um polo de atração de interessados na divulgação e no acesso a conteúdos diferenciados relativos às ciências agrárias.

Diferenciação deverá ser a pedra de toque, através da busca de conteúdos diferentes que acrescentam valor.